BUSCA

ONU e parceiros lançam curso online e gratuito sobre uso sustentável de ecossistemas terrestres

compartilhe:


Concebida com o apoio da ONU Meio Ambiente, a formação está disponível em português. Organizada em sete módulos, a capacitação abordará os impactos do desmatamento e das mudanças climáticas na natureza, com destaque para as consequências de atividades humanas em ecossistemas na América Latina, Caribe, África e Ásia. Materiais virtuais ficarão disponíveis até 29 de janeiro. Seminários ao vivo também serão promovidos ao longo do curso.

Com o apoio da ONU Meio Ambiente, a Academia dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) lança nesta segunda-feira (27) o curso online e gratuito Desde o principio: Gestão e preservação dos nossos ecossistemas terrestres. Formação, disponível em português, foi concebida em parceria com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e com a Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (na sigla em inglês, SDSN Amazônia).

Organizada em sete módulos, a capacitação abordará os impactos do desmatamento e das mudanças climáticas na natureza, com destaque para as consequências de atividades humanas em ecossistemas na América Latina, Caribe, África e Ásia.

“Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade” é a definição do ODS de nº 15, da Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável. O curso discutirá maneiras de avançar na promoção dessa agenda, que visa à conservação da vida terrestre.

Para os organismos parceiros da iniciativa, ao estudar a interação das comunidades locais com os recursos naturais dos quais esses grupos dependem, os alunos compreenderão como garantir a sustentabilidade dos ecossistemas globais a longo prazo.

Entre os temas específicos das aulas, estão a introdução aos ecossistemas terrestres; os atuais problemas; os métodos de avaliação; sistemas de gestão; concepção de programas e políticas públicas; e a institucionalização do ODS 15. Todos os módulos estão disponibilizados em inglês, português e espanhol.

O curso permanecerá disponível e aberto para inscrições até 29 de janeiro de 2018, quando sairá do ar. Os materiais incluem palestras pré-gravadas, leituras, grupos de discussão e questionários. Além disso, webinars (seminários online) ao vivo serão oferecidos ao longo do curso com espaço para interação com os instrutores.

A Academia ODS é uma plataforma educacional de alta qualidade, inteiramente gratuita, sobre desenvolvimento sustentável. Seus cursos contam com os principais especialistas mundiais de diversos segmentos e abrangem temas como saúde, educação, mudanças climáticas, agricultura, sistemas alimentares e direitos humanos. O objetivo da iniciativa é preparar a próxima geração de profissionais para lidar com os desafios que o nosso planeta enfrenta.

Sobre a Fundação Amazonas Sustentável

A FAS é uma organização não governamental brasileira criada em 2008 com a missão de promover o desenvolvimento sustentável, a conservação ambiental e a melhoria da qualidade de vida das comunidades ribeirinhas do estado do Amazonas. As principais iniciativas da FAS seguem a ideologia “fazer a floresta valer mais em pé do que derrubada”.

Até 2016, por meio do Programa Bolsa Floresta (PBF), do Programa de Educação e Saúde (PES), do Programa de Soluções Inovadoras (PSI) e do Programa de Gestão e Transparência, a FAS ajudou 9.597 famílias, beneficiando 40.230 pessoas que vivem em 16 Unidades de Conservação (UC) do Amazonas. Em 2017, a FAS foi eleita a melhor ONG da Região Norte do Brasil pela Época Magazine e também estava entre as cem melhores do país, em um prêmio da Revista Época e do Instituto Doar.

Desde 2014, a FAS vem compartilhando sua experiência em toda a Bacia Amazônica, por meio da Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável na Amazônia. A Fundação atua como secretária-executiva da Rede e trabalha para promover o cumprimento dos ODS em toda a região da Bacia Amazônica.

Fonte: ONU Brasil

RBCM. Laboratório de Investigação do Espaço da Arquitetura. Departamento de Arquitetura e Urbanismo. Centro de Artes e Comunicação. UFPE . Recife — PE. (81) 2126.7362