BUSCA

Chamada a arquitetos e urbanistas para representar o IAB-SP em instâncias de participação social

compartilhe:


Com o propósito de fortalecer os mecanismos de representatividade e a promoção à participação, o Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento de São Paulo dá início ao Processo de Chamamento Aberto para profissionais de arquitetura e urbanismo com interesse em representar o IABsp em instâncias de participação social.

O fortalecimento dos instrumentos e instâncias de diálogo entre o Poder Público e a sociedade civil, respaldados pela Política Nacional de Participação Social é ação fundamental para consolidação da democracia participativa no país. Trata-se do entendimento da participação social como um direito fundamental à cidadania, garantindo o envolvimento da sociedade civil na formulação, acompanhamento e implementação de políticas e programas públicos, meio pelo qual é possível exercer o controle social e a gestão democrática.

É diante deste viés do fortalecimento da democracia participativa, na qual a sociedade civil faz cada vez mais parte do processo de construção e proposição das políticas públicas, não apenas aceitando propostas, mas sugerindo e “desenhando” estas políticas de forma ativa, que o IABsp realiza Processo de Chamamento Aberto; não apenas para chamar a atenção da classe profissional sobre a importância de se envolver nas discussões das políticas urbanas, como também de criar uma rede constante de trocas de experiências e pontos de vista sobre a arquitetura e planejamento urbano das cidades e reinserir a visão de projeto como instrumento da sociedade na construção do território.

O Processo de Chamamento Aberto está inserido no contexto do conjunto de medidas e ações que a nova gestão (2017-2019) do IABsp está implementando, explicitados em sua “Carta Programa IABsp 2017-2019: Plataforma IAB”, com o objetivo de incentivar, ampliar e dar maior visibilidade a dimensão representativa da Instituição enquanto tal, bem como retomar a discussão de projeto como instrumento da sociedade na construção do território, além de ser instrumento na aproximação de profissionais e estudantes de diversas áreas sobre as temáticas que cada uma dessas instâncias levantam.

Este Processo de Chamamento Aberto tem início em 9 de fevereiro de 2017 e as inscrições estão abertas até 20 de fevereiro, para interessadas e interessados em representar o IABsp nas seguintes instâncias de participação social:

CADES [Conselho Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - Prefeitura do Município de São Paulo].
CEUSO [Comissão de Edificações e Uso do Solo - Prefeitura do Município de São Paulo].
CPPU [Comissão de Proteção à Paisagem Urbana – Prefeitura do Município de São Paulo].
CTLU [Câmara Técnica de Legislação Urbanística – Prefeitura do Município de São Paulo].
Operação Urbana Centro [Comissão Executiva da Operação Urbana Centro – Prefeitura do Município de São Paulo]
Operação Urbana Consorciada Água Espraiada [Grupo de Gestão da OUC Água Espraiada – Prefeitura do Município de São Paulo].
Operação Urbana Consorciada Faria Lima [Grupo de Gestão da OUC Faria Lima – Prefeitura do Município de São Paulo].
Mais informações sobre o Processo de Chamamento Aberto podem ser acessadas em:

http://www.iabsp.org.br/?noticias=processo-de-chamamento-aberto-para-representantes-do-iabsp
https://www.facebook.com/IABSP/posts/1289973041081478

Sobre o Instituto de Arquitetos do Brasil

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) é uma entidade sem fins lucrativos, que congrega arquitetas e arquitetos urbanistas articulados em prol da construção democrática e sustentável das cidades e da prática da arquitetura e do urbanismo como meio para enfrentar a desigualdade sócio-espacial no Brasil e atender as necessidades dos cidadãos quanto à qualidade de vida, à justiça social, ao acesso universal aos direitos sociais e ao desenvolvimento socioeconômico e ambiental.

Um dos objetivos do IABsp é representar o coletivo de profissionais de arquitetura e urbanismo do estado de São Paulo junto ao Poder Público, por meio da participação em instâncias de participação social, como conselhos, comitês, conferências e audiências públicas, com o propósito de realizar efetiva contribuição nos processos de planejamento, execução, monitoramento e avaliação de políticas públicas.

Fonte: ArchDaily Brasil

RBCM. Laboratório de Investigação do Espaço da Arquitetura. Departamento de Arquitetura e Urbanismo. Centro de Artes e Comunicação. UFPE . Recife — PE. (81) 2126.7362